CDMA Technology
Members Sign-In
SUCESSO E FUTURAS OPORTUNIDADES PARA A TECNOLOGIA CDMA2000 OBSERVADAS NA CONFERENCIA REGIONAL DA AMÉRICA LATINA SOBRE CDMA 2004

O evento enfocou na migração para as tecnologias CDMA2000 de banda larga, nos aplicativos avançados de dados e na plataforma CDMA450

| English | Spanish |

COSTA MESA, Califórnia, 15 de junho de 2004 - O CDMA Development Group (CDG) (www.cdg.org) anunciou hoje que mais de 325 membros do setor de tecnologia sem fio (wireless) participaram da Conferência Regional da América Latina sobre CDMA 2004, realizado no Rio de Janeiro. O tema da Conferência foi o sucesso comercial e as futuras oportunidades para a tecnologia CDMA2000(r) no Caribe e na América Latina. Os tópicos incluíram a evolução para a transmissão de dados em banda larga, o fornecimento de acesso universal e o desenvolvimento e a oferta de serviços inovadores avançados.

"A CDMA2000 é a tecnologia 3G líder na América Latina e uma excelente plataforma para os serviços de transmissão de dados e de voz acessíveis do ponto de vista financeiro", declarou Perry LaForge, diretor executivo do CDG. "Uma das oportunidades emergentes na América Latina e em diversas partes do mundo é a tecnologia CDMA2000 a uma freqüência de 450 MHz pelo fato de facilitar o acesso universal, permitindo, desta maneira, que governos e operadoras forneçam serviços de transmissão de voz e dados a milhões de pessoas que vivem em áreas remotas e que antes não tinham acesso às comunicações".

A Conferência foi iniciada com as observações feitas por Antonio Carlos Valente da Silva, vice-presidente da ANATEL, e por executivos das empresas patrocinadoras seniores da Conferência, como a Ericsson, Lucent Technologies, Nokia, Nortel Networks e a QUALCOMM. Antonio Carlos compartilhou os resultados positivos decorrentes do experimento com a tecnologia CDMA450 que a ANATEL está realizando, cujo objetivo final é fornecer serviços de transmissão de voz e de banda larga às escolas, bibliotecas e instituições do setor de saúde, bem como às áreas rurais e remotas. As observações feitas pelos patrocinadores enfocaram nas oportunidades e nos benefícios do mercado da tecnologia CDMA2000 para oferecer transmissão de dados em alta velocidade, evoluindo para uma rede principal toda em IP e na convergência de vários serviços e tecnologias do segmento de comunicações.

O segundo dia da Conferência foi marcado pelas observações feitas por B. B. Anand, presidente de assuntos regulamentares da Reliance Infocomm (Índia) e por Gustavo Guzman, CEO da Iusacell (México), que apresentaram as experiências que suas respectivas empresas tiveram com a implementação da tecnologia CDMA2000, os serviços oferecidos e planejados e a resposta dos clientes.

Outras operadoras que fizeram apresentações durante a Conferência foram a Sprint (EUA), Telefonica del Peru, Tmais (Brasil), Verizon Wireless (EUA), Vesper-Embratel (Brasil) e a VIVO. A VIVO, a maior operadora da América Latina com mais de 24 milhões de assinantes, também endossou o evento e anunciou durante a Conferência que a empresa lançará a tecnologia CDMA2000 1xEV-DO em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Os conferencistas falaram sobre as vantagens da tecnologia CDMA2000 em oferecer transmissão de voz e de dados em banda larga, os desenvolvimentos ocorrentes em aparelhos manuais e dispositivos, as estratégias para se criar uma gama bem-sucedida de serviços e aplicativos e os mais recentes avanços ocorrentes nas tecnologias CDMA2000 1xEV-DO e 1xEV-DV. Além das palestras, a Conferência apresentou diversos workshops interativos, um fórum sobre os desafios e as oportunidades do roaming regional, que teve duração de meio dia, e uma reunião sobre roaming realizada com as operadoras.

A América Latina e o Caribe têm mais de 33 milhões usuários da tecnologia CDMA em 20 países. A região conta com o maior número de redes CDMA2000 comercialmente implementadas, com 26 redes CDMA2000 1X e duas CDMA2000 1xEV-DO em 16 países.

A tecnologia CDMA2000 lidera em implementações de 3G no mundo todo, com mais de 85 milhões de usuários e 81 operadoras em 40 países em seis continentes. A tecnologia CDMA2000 tem 97% de participação no mercado referente aos serviços 3G. Mais de 42% da base global de assinantes da tecnologia CDMA utilizam as redes CDMA2000.

Informações sobre o CDG

O CDMA Development Group é uma associação comercial formada com a finalidade de promover o desenvolvimento, a implementação e a utilização das tecnologias CDMA pelo mundo todo. As mais de 100 empresas associadas ao CDG incluem muitas das maiores operadoras de serviços sem fio e fabricantes de equipamentos do mundo. As principais atividades do CDG incluem o desenvolvimento de recursos e serviços de CDMA, relações públicas, educação e seminários, assuntos regulamentares e suporte internacional. Atualmente há mais de 500 indivíduos trabalhando em diversos subcomitês do CDG em assuntos relacionados à CDMA. Para obter mais informações sobre o CDG, entre em contato com o CDG News Bureau através do telefone (714) 540-1030 ou visite o website do CDG: www.cdg.org.

# # #

Nota aos editores: cdmaOne é uma marca comercial do CDG. CDMA2000 é uma marca comercial registrada da Telecommunications Industry Association (TIA-USA).